quarta-feira, 26 de julho de 2017

Notícias da Semana- 25/07/2017

- CNJ quer saber porque filho de desembargadora foi transferido para "clínica" de tratamento, mesmo sendo preso com drogas, munições e suspeito de estar armando "fugidinha" de bandido da cadeia. Más línguas dizem que ele sofre de síndrome de parentesco.

- Juíz de Brasília suspendeu reajuste de imposto do combustível de Temer. Motivo: para ele, não se pode criar ou reajustar taxa de um dia para o outro.

- Mesmo investigado por impobridade, Márcio Monteiro vai continuar no comando da Sefaz. Azambuja, que também é denunciado a justiça disse por a mão no fogo pelo amigo. Afinal, ele já está queimado mesmo.

- Temer já mandou recorrerem da suspenção do juíz de Brasília na gasolina.  Ele disse que decisão de juizinho de primeira instância é nulidade

- Demissões na Omep/Seleta em Campo Grande está sendo vergonhosa. Humilhados, demitidos não vão receber enquanto prefeito não parar de chorar.

- O Termo de ajustamento de conduta do MPE sobre a Omep/Seleta foi expedido em 2011 ao prefeito Nelsinho Trad e caiu na cabeça do irmão Marcellinho Trad. Maldição de família?

- PDV já foi criado para o funcionalismo público por Temer. Agora é só ajustar algumas regras para entrar em vigor. A ideia é criar precedente para se sancionar uma lei permitindo demissões de servidores mesmo concursados e se contratar terceirizados. Afinal muitas das empresas pertencem aos próprios deputados e senadores.

- A última: Meirelles, pior ministro da história do país já anunciou que governo pode reajustar mais impostos. E que o povo vai continuar entendendo.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Rapidinhas mais rápidas ainda

- Filho de desembargadora que foi preso com drogas e armamento, vai continuar preso por enquanto. Parece que ele realmente é "muito louco" como alegou a defesa. Pois a polícia descobriu que ele estava envolvido em plano de fuga de presos no estado

- Temer sancionou reajuste de imposto da gasolina. A ideia é jogar a culpa no PT se a repercussão for negativa.

- Temer assinou e saiu de viagem para a Argentina. Informação é de que a viagem foi de negociações políticas, mas pessoal intimo do presidente confidenciou que Marcela precisava espairecer.

- Eduardo Paes gastou 15 mil reais por uma semana em um spa. Oposição brincou dizendo que foi só uma semana porque governo está em crise.

- Paes porém teve de interromper sua estadia para se reunir com representantes do governo federal. Alegou que foi pedir empréstimo para ajudar o estado, mas há quem diga que foi tentar convencer Temer a levá-lo junto para a Argentina para distrair a cabeça.

- Geraldo Alckimin pela primeira vez disse que pode concorrer à presidência em 2018. Isso causou decepção em muita gente que quer Dória como candidato do PSDB.

- No Mato Grosso do Sul, Zeca do PT e Nelsinho Trad ensaiam parceria para concorrer ao senado que abre duas vagas. Quem está rindo à toa é Azambuja, pois seriam dois rivais a menos para a cadeira de governador.

terça-feira, 18 de julho de 2017

Notícias de última hora

- Filho de desembargadora do Mato Grosso do Sul, que foi preso com drogas e armamento restrito às forças armadas, vai aguardar julgamento em liberdade. Juiz acatou tese da defesa de que ele é meio "doidinho"

- Temer anda todo cheio de espasmos estomacais involuntários por causa do PSDB. A sigla até vai ajudar a aprovar as reformas da previdência e a tributária mas depois vai liberar investigação contra Temer.

- O PSDB que aprovar as reformas, porque foram de sua autoria e não de Temer. Alguns já queriam que Rodrigo Maia estivesse na cadeira da presidência, mas sabem que precisam do PMDB para aprovar as reformas

- Já Maia, anda impaciente. Já anda dizendo que pode ser candidato à presidência daqui a uma ou duas eleições. Ele quer deixar claro ao PSDB que o DEM ( seu partido ), pode deixar de apoiar os tucanos em 2018.

- Coronel tucano diz que se o DEM não apoiar PSDB vai procurar outra vaga de vice, porque o partido não teria nenhtn nome forte em todo o seu quadro

- Ala brizoluda do PDT ainda sonha com apoio do PT em 2018. Mas parte para as ofensas contra o desejado aliado. Eles acreditam que se o PT apanhar deles pode acabar apaixonando, na velha teoria da "mulher de malandro".

- Aqui por nossas terras o deputado Maurício Picarelli quer uma CPI para apurar morte de indígenas. Depois do suicídio de uma jovem indígena o deputado se preocupou. Mas conhecida ruralista da Assembleia acha que se for ajudar nos suicídios, o estado até deveria fornecer as armas. Para ela índio e padre são comunistas

-  Justiça quer que prefeitura de Campo Grande cobre alguns milhões do ex-prefeito Nelsinho Trad e do seu parente Luis Mandetta. Basta saber se o atual prefeito Marcellinho Trad vai ter coragem de ir contra a família.

- Para terminar: Bernal criticou possível aliança entre Zeca do PT e Nelsinho Trad para concorrer ao senado em 2018. Ele também quer uma das cadeiras. Mas como eles são três e as cadeiras duas, já viu, né? Em tempo, nenhum deles combinou nada até agora com o eleitor.

Como diria um velho amigo: "eleitor não escolhe, só vota!".

sábado, 15 de julho de 2017

Rapidinhas da página

- Após a condenação de Lula, e consequentemente sua exclusão das eleições de 2018, o PSDB de São Paulo já comemora possível vitória ao cargo de presidência da república.

- No PSDB a dúvida agora é escolher quem vai ocupar a cadeira de Michel Temer, que vai encerrar sua vida pública após encerrar o mandato: Alckimim ou Dória.

- Ala mais revoltada do PDT quer agora que o PT apoie a candidatura de Ciro Gomes. Eles alegam que sem Lula o partido deveria indicar no máximo o vice.

- Ainda sobre o PSDB, o partido agora estuda a tática para derrubar Marina Silva. Sem Lula, e com Aécio em baixa a principal adversária agora é ela. Pois a sigla não teme nem Ciro e nem possíveis candidaturas de Ronaldo Caiado ou Álvaro Dias.

- No PT há ainda quem insista que Lula será o candidato. Mas o nome de Haddad já é comentado por alguns. Em sua arrogância não pensam em apoiar nem PDT, nem PCdoB.

- Já Luciana Genro agora tenta convencer o PSOL a lançar seu nome. Alguns membros da sigla estudam a possibilidade de uma coalizão de esquerda com PSOL, PT, PCdoB e PDT

- Com o quadro Dória, Marina, Ciro, Álvaro Dias e Luciana Genro, o atual prefeito de São Paulo aparece na frente. Mas com Alckimim, Marina aparece na dianteira. Isso pode pesar na escolha do PSDB para 2018.

- Temer já estuda a possibilidade de se mudar para os EUA, após o término de seu mandato tampão. O motivo seria o inferno que ele enfrentaria voltando a morar em São Paulo. Mas Temer nega e diz que Marcela estaria muito infeliz no país por não ter nenhuma amiga. A primeira-dama tampão acha as brasileiras sem classe

- Pra terminar, pedimos para o eleitor sul-matogrossense dar uma nota a administração Reinaldo Azambuja. Um deles com bom humor teria dito:
"Para o Azambuja? Uma nota? Fria!"


Só posso rir...

terça-feira, 23 de maio de 2017

JBS Leva Reinaldo Azambuja às Lágrimas

Reinaldo Azambuja que já é acostumado a "cascar" laranjas graças aos ensinamentos de seu amado avô, terá que aprender agora a "cascar" abacaxis.

Isso porque, o Joesley do JBS acabou abrindo o bico sobre a participação de nosso atual governador em um esquema lucrativo.

Lucrativo para eles, é claro.

Porém, o cascador de frutas já chorou, esperneou, e claro, negou tudo.

Eu também negaria, afinal, quem quer ser pego assim de calças curtas na hora das necessidades?

Mas não é só ele quem terá de se explicar, pois os ex-governadores José Orcírio e Andrea Puccinelli também foram citados pelo Joesley!

Puccinelli aliás, que dia desses desfilou de modelito novo pelas ruas da cidade de Campo Grande: uma tornozeleira super moderna da Polícia Federal, pode voltar a ter mais problemas.

Além deles, um tal de André Luiz Cance, que desculpem a ignorância, sei lá quem é, foi citado.

Pelo visto, a grande saída deles será pedir para a nossa imprensa falar sobre o "tripléquisê" do Lula.

Porém, nós aqui vamos nos limitar a homenagear nosso governador com um trecho de uma linda canção de Fábio Júnior, que coube como uma luva ( ou vestiu como carapuça ), na vida do cascador de frutas...


Tem hora que bate,
Uma tristeza tão grande.
Que eu não sei o que fazer,
E nem pra onde ir.


É tanta coisa,
Que eu queria dizer.
Mas não tem ninguém pra ouvir.
Então choro COM TODO MUNDO VENDO,
Eu choro.


Faço o possível pra segurar a cabeça.
Mas a emoção não quer,
Que eu me desfaça.
Ou então que eu esqueça,
Do amor DAQUELE DELATOR.

E eu choro.
Sem ELE saber,
Eu choro.

Choro por tudo
Que a gente não teve.
Por tudo que a gente não realizou.
Choro porque eu sei que ainda te amo,
E você me amou e ama.


Choro por tudo,
Se assim for preciso.
Choro porque eu sei que ainda te quero.
Choro por tudo,
E por tudo lhe digo.

Te espero, TE QUERO NO MEU BOLSO.
Te espero, TE QUERO NO MEU BOLSO.
Te amo.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

E agora? Aécio tem o que Temer?

Você tem todo o direito de não gostar da Dilma.
Estamos em uma democracia. Até mesmo eu tenho meu direito de não gostar de gente como Agripino Maia, Ronaldo Caiado, Malafaia, Magno Malta, Delcídio do Amaral, Luciana Genro, etc e tal...
Mas mesmo quem não gosta dela tem de admitir que ela foi cassada de seu mandato SEM COMETER CRIME. Foi pura e simplesmente motivação política que tirou de seu cargo..

Não estou aqui discutindo o mérito do caso, nem se foi bom ou ruim para o país. Só estou colocando aqui como base, o fato de 90% dos governadores terem praticado as mesmas tais "pedaladas fiscais" no mesmo período que ela e alguns até mesmo a mais tempo.

A diferença entre ela e os outros é a de que ela não conseguiu conciliar governo e oposição, criando uma governabilidade que tanto Lula como FHC conseguiram.

Se foi por falta de jogo de cintura, se foi porque a oposição não a engoliu, não é problema meu. Mas que isso aconteceu é fato.

A única coisa que todos concordam, quem gosta de Dilma, e quem não gosta de Dilma, é que Aécio Neves foi o mais ativo inimigo dela desde o início de seu segundo mandato.

Aécio Neves sempre foi uma das figuras mais nojentas da política brasileira. Arrogante, demagogo, sínico e outras coisinhas mais.

Nem mesmo grande parte do PSDB o suporta e seu próprio estado ( Minas Gerais ) deu 80% de votos para Dilma quando disputaram a eleição presidencial.

Aécio, durante o processo que julgava a cassação de Dilma, aparecia na TV nas campanhas institucionais de TV, sempre chamando de forma velada Dilma de ladra. Mesmo que ela não estivesse sendo julgada por crime contra o patrimônio público, mas sim por incapacidade administrativa.

No fundo, o menino mimado que carrega o sobrenome de Tancredo ( outro inútil famoso de nossa história ), não aceitava o fato de ter perdido a eleição para uma mulher, que ele julgava intelectualmente inferior.

No senado, Aécio disse:
Nada superará a verdade. Absolutamente nada falará mais alto do que os atos que aqui hoje estamos julgando”, afirmou. Ele disse que estará ao lado do novo governo “para construir um novo Brasil”. “O que vai ficar desse episódio é um país mais forte, com esperança, que volta a acreditar no seu futuro”, disse.

Agora, depois de todos os fatos e depois das delações e gravações envolvendo seu nome, posso afirmar com justiça que sua frase estava certa.

Realmente nada superou a verdade, e a verdade sobre ele demorou, mas veio à luz.

O que ficou de todo aquele episódio realmente foi um Brasil mais forte, tão forte que acabou descobrindo tudo sobre o arrogante, demagogo, e agora ex-senador Aécio Neves.

Que não volte nunca mais...

sexta-feira, 5 de maio de 2017

O Jornalismo à Serviço da Mentira - Reforma da Previdência

Nos últimos dias as grandes TVs brasileiras descaradamente se venderam ao mercado financeiro. Não que já não fossem vendidas, mas é que agora não se preocupam em esconder.
De forma canalha e irresponsável elas passaram a defender a "des-reforma" da previdência sem dar o direito de debate contrário sobre o tema.

A grande carta na manga dos defensores da "des-reforma" é a de que SERVIDORES PÚBLICOS GANHAM 10 VEZES MAIS QUE OS DA INICIATIVA PRIVADA E CONTRIBUEM MENOS PARA A PREVIDÊNCIA.

Porém essa é uma meia verdade.

Quando as TVs Globo, Record, Band e SBT, trazem essa informação, generalizam de forma canalha e irresponsável todo um grande conjunto de categorias que tem entre elas um abismo de diferenças.

Elas não dizem por exemplo QUAIS AS CATEGORIAS ESTÃO NESSA CONDIÇÃO, e nem quais poderes detém esse poder todo.

No Brasil, existem Legislativo, Executivo e Judiciário.

Qual desses três poderes você acha que a informação que as TVs passam se encaixa como uma luva?

Judiciário e Legislativo.

Porém, não se dá nomes aos bois neste incoerente, para não dizer sujo, universo do jornalismo.

Passa-se a impressão ao povo que TODOS OS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS são vampiros que não trabalham e ainda são sustentados por trabalhadores honestos.

Há uma meia verdade nisso, já que acima dissemos justamente isso, que se tratam de meias verdades, que não formam o quadro todo, porque o que você deveria ver no que depender deles permanecerá debaixo da cortina.

O poder judiciário é o que mais ganha, o que menos produz. isso é uma verdade.

A polícia legislativa foi favorecida na reforma da previdência, pois com salários enormes vão se aposentar com idade mínima de 55 anos, mas agentes penitenciários que ganham menos aposentarão com 65.
A desculpa para favorecer a polícia legislativa: o risco que a profissão deles proporciona. Mas a mesma regra não se aplica aos agentes penitenciários?
Não.

Merendeiras, faxineiras, garis, administrativos da área da saúde e educação, guardas municipais, etc, ganham salários que muitas das vezes não atingem nem mesmo 2 mil reais, ( alguns casos como o meu pessoalmente não está atingindo mil reais, se é que você está interessado em saber ), mas são colocados na mesma peneira quando se fala do PODER MALIGNO DO FUNCIONALISMO PÚBLICO.

Militares ganham uns dos maiores salários e no caso de oficiais, estes passam suas aposentadorias para suas filhas, que se não casarem poderão viver sem trabalhar e continuar recebendo essa aposentadoria até morrer.
Há casos de filhas de oficiais que tem seus esposos mas não oficializam a união para não perderem a mamata.
Dia desses, surgiu um burburinho de que havia uma senhora morando na Suíça sendo sustentada por aposentadoria de seu falecido pai. Ela é casada, mãe de duas linda filhas mas, perante a lei brasileira, é solteira e portanto desamparada, e precisa ser sustentada por uma aposentadoria vitalícia.

Não quero aqui, generalizar, pois cairia na mesma desgraça que os canalhas que critico aqui.

Cito aqui de modo pessoal, o caso de meu pai que dedicou sua vida a servir na Aeronáutica. Nunca teve uma mancha em sua carreira. Sempre que questionado por companheiros mais chegados, sobre as promoções que nunca chegavam, ele sempŕe respondia: "não vou correr atrás disso não, a hora que tiver que vir, virá".
Durante anos trabalhando no setor do DAC ( Departamento de Aviação Civil, substituído pela atual ANAC ), nunca aceitou favores, peitas, nem bajulou ninguém, para se favorecer.
Foi para a reserva no cargo de sub-tenente, sem ganhar a famosa aposentadoria milionária que a grande maioria das pessoas pensam ganhar a maioria dos militares.
Mas, quando adoeceu do coração, a Aeronáutica simplesmente NÃO AUTORIZOU SUA CIRURGIA PORQUE NÃO QUERIAM PAGAR ANTES QUE TODAS AS FORMAS DE TRATAMENTO FOSSEM ESGOTADAS. Ele trabalhou e contribuiu a vida inteira com suas obrigações, mas ficou sendo jogado de um lado ao outro durante três anos.
Seu erro?
Não acionar a justiça, pois na sua ingenuidade continuou crendo que a Aeronáutica era uma instituição séria.
O fim desta história?
Um médico do SUS, ao saber do caso, e sabendo que ele poderia morrer a qualquer momento, bastasse um leve esforço físico, se prontificou em operá-lo.
Morreu na mesa de cirurgia. Não resistiu a tentativa desesperada de um médico que é um dos heróis anônimos no meio de uma categoria também muito mal falada.

Há militares que estão no mesmo barco que nós, meros mortais, e também policiais, professores ( este últimos acusados de serem comunistas gananciosos que não trabalham e querem ganhar mais ).

Há os funcionários dos milionários bancos privados, que não tem seus direitos recolhidos, já que estes bancos estão entre os que mais devem à previdência, mas que quando são forçados a realizarem uma greve para tentar arrancar uma mísera migalha dos seus patrões, são taxados de "vagabundos que ganham bem e não trabalham".

É este o jogo dos grandes canais de comunicação: separar o povo, jogar trabalhador contra trabalhador, e continuar ganhando.

Quem são estes JORNALISTAS que trazem todos os dias estas mentiras a nossos lares?
Jornalistas do tipo de Boris Casoy, aquele que disse atrás das câmeras que "garis são o último degrau da escala do trabalho", os infelizes que não deveriam sequer ter o direito de desejar um feliz natal.

Os Bonner da vida que se acostumaram a ser celebridades que frequentam as ilhas das revistas e que se utilizam de redes sociais para humilhar pessoas comuns que se arriscam a fazer a mínima crítica a algum de seus comportamentos.

O jornalismo se tornou um mar de lama, fétida, nojenta, e que infelizmente está matando aqueles que realmente querem fazer da profissão do jornalista uma profissão decente.

Nesta profissão, os honestos e íntegros não tem espaço. São engolidos por crápulas, canalhas, incompetentes que estão em certos lugares porque foram indicados e colocados por figurões da política ou do dinheiro.

Mas a verdade há de prevalecer!

Um dia ela sairá a luz do dia.

Não podemos viver no eterno, deixe como está para ver como é que fica...