domingo, 27 de outubro de 2013

Crônicas de Uma República Pantaneira

O VERDADEIRO JUDAS ISCARIOTES
Dia desses, em minha igreja, o pastor fez uma longa dissertação sobre o apóstolo Judas Iscariotes. Ele foi duro e não poupou críticas a natureza demoníaca do traidor do Messias.
Chegando em casa, ainda  muito impressionado com a pregação, resolvi procurar na melhor fonte de informações do mundo sobre qualquer tema: a Internet ( é claro ).
No meio da madrugada encontrei uma página que tinha o título: "A Verdadeira Biografia do Apóstolo Traidor".
Claro, correi a ela e me deparei com o seguinte texto:
Judas Iscariotes foi um apóstolo que sempre foi citado por último nos quatro Evangelhos ( o último a ser eleito ).
Antes de ser chamado, ele animava um circo romano de um centurião de nome Pittoresccus, onde se vestia como gentio, causando assombro entre os judeus.
Não demorou muito, e Judas mostrou-se alheio as vontades de seu novo mestre. Pois muitas vezes, inutilmente, tentava persuadi-lo a poder usar novamente suas fantasias.
Quando seu mestre passou a incomodar os líderes da época ( ítalos-fariseus ) logo foi procurado para de alguma forma entregar aos acusadores, o seu mestre.
Ele andou cabisbaixo, muitas vezes indo às lágrimas em público.
Certo dia, não aguentou a pressão dos fariseus e resolveu entregar seu mestre. Durante sessão no Sinédrio, votou a favor da cassação.
Recebeu uma chuva de trinta moedas de prata, atiradas por sírio-fenícios que diziam terem sido trazidos por carruagens de ferro desde Belém para defender seu antigo mestre.
Quando cheguei no mais interessante do texto, ou seja, a verdade sobre o que ocorreu com o traidor, a página tinha aquela mensagem desanimadora: postagem em fase de elaboração.
Desliguei o computador, e fui deitar. Acabei adormecendo, imaginando um final trágico, uma mistura de renúncia com suicídio político...

ESTA CRÔNICA É UM TEXTO DO MESMO AUTOR, PUBLICADO NO "JORNAL ISTO É MS" DO DIA 23/09/2013.

Nenhum comentário:

Postar um comentário